Um caso argentino em meio aos arquivos da CIA

Em 1962 inúmeras testemunhas viram um UFO sobre Bahia Blanca, Argentina, caso descrito nos arquivos da CIAImportante ocorrência de 1962 ocorrida no país vizinho faz parte da documentação liberada

A recente liberação de documentos da Agência Central de Inteligência (CIA), na qual a agência ainda apresenta passos de como realizar investigações ufológicas, continua repercutindo entre os pesquisadores. Um dos achados mais surpreendentes entre a documentação liberada é o Caso Bahia Blanca, acontecido em 21 de maio de 1962, em meio a uma onda de observações que é considerada um clássico da Ufologia Argentina.

A informação foi revelada por Andrea Simondini, correspondente internacional da Revista UFO. Ela é fundadora e dirigente do grupo Visión OVNI e diretora da Comissão de Estudos do Fenômeno OVNI da Republica Argentina (Cefora), grupo que tem obtido grande sucesso na liberação de arquivos do governo argentino. Andrea repassou a descoberta feita pelo pesquisador Marco Barraza, diretor do blog Nuestro Pasado Extraterrestre, que realizou uma busca dos arquivos liberados pela CIA e encontrou a menção ao incidente.

O Caso Bahia Blanca aconteceu em 21 de maio de 1962, às 19h30, e a CIA tomou conhecimento dele por meio da agência de notícias Lima AFP Spanish Latin America. Tratou-se da observação de um UFO sobre a cidade de Bahia Blanca, causando uma grande comoção popular em meio a uma grande onda ufológica que assolou a Argentina  naquele ano. O fotógrafo Miguel Thomé, do jornal Nueva Província de Bahia Blanca, conseguiu obter algumas fotos do objeto. Descreveu que transitava de carro pela rua Chiclana, quando viu pessoas aglomeradas olhando para o alto. Ele também observou uma luz duas vezes maior que a Luya cheia movendo-se pela cidade.

TESTEMUNHA MILITAR

 

 

crédito: Miguel Thomé

Foto do UFO visto em Bahia Blanca em 1962

Foto do UFO visto em Bahia Blanca em 1962

 

 Miguel Thomé seguiu dirigindo, e parou na rua Don Bosco, onde estacionou e bateu as fotos. O objeto se aproximou, aumentando seu tramanho aparente, antes de ficar estacionário por pouco tempo e finalmente disparar no rumo sul. O UFO foi ainda observado pelo contra-almirante Eladio Vásquez, comandante da Base Naval Puerto Belgrano, que afirmou estar em companhia do capitão Aldo Molinari. Ele aguardava uma comissão norte-americana que estava para pousar no aeroporto local, e apresentou uma descrição do UFO para o La Nueva Provincia. O Observatório Astronômico de Córdoba buscou reunir dados sobre o fenômeno, tentando determinar se podia ser um meteoro, a queda de um satélite, mas nada foi encontrado. Outras regiões da Argentina também observaram fenômenos luminosos semelhantes, que se acredita ter sido o mesmo UFO, mas o ápice do avistamento foi em Bahia Blanca.

 

 

crédito: Arquivo

O documento da CIA sobre o Caso Bahia Blanca

O documento da CIA sobre o Caso Bahia Blanca

 

 Consulte os documentos liberados pela CIA

CIA afirma que UFOs nos anos 50 eram aviões espiões

Arquivo da CIA com importante avistamento de UFO é encontrado

Novo livro fala da ligação da CIA com os UFOs

CIA indica como investigar casos de discos voadores

CIA libera documentos ufológicos

 

Fonte: Revista UFO

Anúncios

Obrigado por participar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s