Chernobyl foi sobrevoada por discos voadores

O especialista Robert Hastings apurou que UFOs podem ter auxiliado a diminuir radiação logo após o desastre de 1986; informações estão em Terra Vigiada, uma das obras de maior sucesso da Biblioteca UFO

Panorâmica da cidade de Chernobyl, abandonada devido à contaminação radioativa após o acidente

 

Em 26 de abril de 1986 aconteceu o maior desastre nuclear do mundo, com a explosão do reator número 4 da usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia. Os baixos padrões de segurança  dos padrões da União Soviética levaram à construção de uma usina onde os reatores eram abrigados em simples prédios industriais, ao contrário dos edifícios reforçados vistos em outras nações, como por exemplo nas usinas de Angra dos Reis. A explosão de vapor ocasionada pela falha da refrigeração do reator 4 provocou uma nuvem radioativa que chegou a atingir o norte da Europa.

Vastas áreas de território ao redor de Chernobyl foram contaminadas, e houve protestos ao redor do mundo contra a atitude dos russos de minimizar o acidente. Como resultado houve sérios prejuízos para a economia das regiões atingidas, e o custo nas vidas dos operários que tentavam conter o desastre foi terrível. Até hoje toda a região da cidade ucraniana se encontra abandonada e pesadamente vigiada, porém outros fatos bem mais estranhos, de acordo com Robert Hastings, ocorreram naquela ocasião. Um dos especialistas que ele consultou foi Valery Iosifovich Kratokhvil, pesquisador ucraniano e autor de diversos livros e artigos.

O ucraniano descobriu em suas pesquisas Mikhail A. Varitzky, técnico que vivia e trabalhava em Chernobyl. Varitzky descobriu a história de Mikhail Samoilenko, outro técnico da usina que, acompanhado por um colega, observou o reator 4 em chamas às 04h15 naquele dia. Eles não tinham roupas de proteção, e trataram de se afastar rapidamente, contudo ao retornarem com seu carro observaram um objeto esférico sobrevoando a área. O UFO possuía de acordo com as testemunhas cor semelhante ao latão, emitindo dois fachos de luz que foram direcionados ao reator número 4. Em seguida, os dois técnicos afirmam que o objeto desapareceu voando na direção da Bielorrússia. O mais surpreendente foi o momento em que reallizaram uma leitura dos níveis de radiação.

UM UFO AUXILIOU A DIMINUIR A RADIAÇÃO EM CHERNOBYL?

Mikhail Samoilenko conta que eles constataram uma leitura de 800 Roentgen por hora imediatamente após a aparição do UFO, porém destacou que antes a radiação estava em 3.000 Roentgen por hora. Incrivelmente, isso parece apontar que o UFO de alguma forma baixou os níveis de radiação em Chernobyl, auxiliando dessa forma a conter o desastre. Robert Hastings, em Terra vigiada, descreve outras observações ufológicas na região da usina e em outras instalações soviéticas, relatos que passaram a ser divulgados no Ocidente após a queda do Muro de Berlim em 1989. Para Hastings esses casos, além de diversos outros ocorridos em instalações de produção de energia por todo o mundo, se somam aqueles acontecidos em bases militares, especialmente aquelas onde são armazenados armamentos nucleares. Isso comprova o inequívoco interesse dos visitantes extraterrestres pelo uso que fazemos da energia nuclear. Terra Vigiada, a grande obra de Robert Hastings, é um compêndio sobre inúmeros desses casos envolvendo UFOs, militares e instalações nucleares por todo o mundo, disponível com exclusividade na Biblioteca UFO.

 

 

CRÉDITO: REVISTA UFO

Terra Vigiada

Terra Vigiada

 

 Confira uma entrevista com Robert Hastings ao programa Larry King Live

Adquira Terra Vigiada e confira seu primeiro capítulo clicando aqui

Leia a entrevista de Robert Hastings para a Revista UFO clicando aqui

Visite o site oficial de Robert Hastings

Fonte: Revistya UFO

Anúncios

Um pensamento sobre “Chernobyl foi sobrevoada por discos voadores

Obrigado por participar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s