O ESCUDO QUE ENVOLVE O NOSSO MUNDO E AS INTELIGÊNCIAS EXTRATERRESTRES INFERIORES OU NEGATIVAS

O livro dessa escritora, raras pessoas o conhecem e se alguns poucos a conheceram, pouca importância lhe deram, salvo os seus inimigos. Com a benevolência da autora, transcreverei algumas importantíssimas passagens.Principalmente sua “Pungente Reflexão”, também transcrita adiante. Todos deveriam conhecer o que essa espiritualista, a meu entender, autêntica e corajosa, escreve e diz.
E a propósito:
Aos poucos foram me revelando que existiam seres capazes de se manifestar no lugar dos desencarnados, como espíritos, não o sendo, e para tal  valiam-se de seitas, rituais, crenças e dogmas impostos que eles mesmos haviam conseguido incutir na humanidade, desde os seus primórdios. Eles também usavam os sensitvos, dos assim chamados médiuns, transformando-os em instrumentos inconscientes e passivos de suas manipulações. As mensagens verbais ou psicografadas tampouco correspondiam às comunicações dos espíritos de luz e muito menos certas aparições não eram tão sagradas assim. Estavam sim, ligadas a INTELIGÊNCIAS negativas, a forças antagônicas, direcionadas a confundir ainda mais os já confusos e desorientados habitantes deste planeta…!”
“… Passei, então, a conhecer a respeito de guerras que se desenrolavam no Universo, onde a Luz, mais de uma vez, confrontou-se com os Usurpadores. Mas estes últimos às vezes, levavam a melhor e usavam seus poderes, roubados, (Poder) para tentar impedir que os humanos descobrissem a verdade, pois e inevitável que um dia a Verdade acabaria sendo conhecida pela humanidade por meio de alguém honesto que a transmitiria…”
Nos tempos primitivos o escudo que atualmente envolve aterra ainda não havia sido fechado e as (Entidades Energéticas Primordiais, ou também filhos e filhas da Terra) que a tudo ignoravam, seguiam como bebezinhos, sujeitas a pretensos genitores, em verdade farsantes.
Originárias de outros Sistemas Solares (ou planos de Vida), apareceram então na Terra Consciências Primárias Evoluídas (ou Filhos da Luz) — é bom saber que somente as Individualidades Cósmicas Superiores são livres e não precisam forçosamente da matéria densa para se manifestar —. Essas Consciências Primárias e suas naves sobrevoaram este planeta e deram-se conta das aberrações que estavam sendo praticadas contra as Entidades Energéticas primárias e inconscientes. As Consciências Primárias aperfeiçoadas ficaram penalizadas dos terrestres e pousaram no intuito de verificar de perto o que se passava. Constataram quão hediondo era tudo neste mundo, além de conferirem as transgressões universais que aqui estavam se concretizando. Aí estavam os seres humanos, transformadas de repente em corpos materiais, rudimentares e grosseiros, bem mais dos que a humanidade hoje apresenta. Tais seres eram sujos, cabeludos, morriam de simples infecções dentárias, comendo a carne dos animais que encontravam, e trocando entre si sinais sons guturais. As inteligências extraterrestres no sentido de ajudar, ensinaram a elas como se defender dos animais, como domesticar o fogo e utilizar a carne cozida dos animais caçados, como transformar pedaços de madeira em elementos de ataque e defesa, como colher frutos de árvores e como plantar etc. O trabalho desses Irmãos do Espaço foi estafante, mas, como eles eram Consciências Superiores Sadias, não se importaram com nada, pois transbordavam de boa vontade e amor. Ver em páginas anteriores o testemunho do ‘Livro de Enoch’.
Estas inteligências benevolentes eram em grande número e seus corpos densos podiam viver centenas de anos e eram praticamente indestrutíveis. Os terrestres, oriundos de sistemas primários diferentes entre si, possuíam um tipo de comunicação que poderia ser chamado de idioma. Aos poucos foram emitindo as primeiras palavras, acompanhadas de sinais, a fim de que pudessem falar. De sua parte, cada grupo de inteligências benevolentes, devido à diferença de origem, manifestava um linguajar específico, que passavam adiante, aos terrestres, seus protegidos. Resultaram dai os diversos idiomas que com o passar dos anos foram se aprimorando lentamente. Os alienígenas mantiveram também alguns relacionamentos sexuais com as 11 lhas desses terrestres, com a finalidade de aprimorar a espécie humana. Foi a partir daqui que as raças se definiram. Das filhas da Terra nasceram gigantes, declaram o Gênesis e o Livro de Enoch, gigantes que os nefastos daqui mesmo destruíram, em parte. A princípio o Plasma Primário deu pouca importância à invasão desses alienígenas. Deixou estar para ver como ficava. Mas, quando constatou que os terrestres estavam se aperfeiçoando e progredindo, enfureceu-se sobremaneira.Como é que aqueles ‘estrangeiros intrometidos, se atreviam a interferir e a ajudar a primitiva humanidade? E o que o demiurgo fez? Mandou que seus subalternos fechassem imediatamente o escudo que ele mesmo havia forjado ao redor da Terra . Os servos do demiurgo, ou os seus astronautas saíram rápidos a cumprir as ordens do chefe e o escudo que envolve nosso mundo foi fechado desde aqueles primórdios.
Neste meio tempo, algumas inteligências  tendo percebido que iriam ficar prisioneiros, pegaram suas naves e conseguiram escapar, retornando velozmente aos seus pontos de origem. Outras inteligências  positivas permaneceram aqui mesmo, num gesto de amor para com os humanos. Mas, passados milhares de anos, as inteligências que ficaram aqui aos poucos foram assumindo outras atitudes. Uns se esconderam e se mantiveram fiéis aos seus princípios naturais; outros foram encantados por promessas vãs e foram traídos.Acabaram então se acomodando e, por imposição posterior, terminaram pactuando com o tenebroso demiurgo ou com o Plasma Primário, passando a engrossar ainda mais a legião de bestas hediondas que ele possui. Os que se negaram terminantemente em fazer acordos, ou de tempo em tempo continuaram sobrevoando a Terra, em naves espaciais, tentando escapar, ou fugindo constantemente da perseguição das inteligências inferiores, terminaram por se esconder em lugares especiais da Terra. (Ver o Livro da Revelação ou o Apocalipse. Na medida em que os seres humanos morriam e renasciam, o usurpador, o deus objeto demiurgo, que nuca foi PAI-Mãe e muito menos Celestial vomitando sobre elas suas repugnantes programações. E os filhos e filhas da Terra  foram perdendo sua luminosidade primordial, ficando sujos enegrecidos e contaminados. Com o passar do tempo e nunca Vivenciado em seus Corações outro Deus, certos humanos acreditaram que o demiurgo era o próprio Pai, o Deus Vivo. Com isso, milhões de seres humanos passaram a gostar da ignorância, das contaminações e da violência, comprazendo-se com tal comportamento. Um pequeno número de humanos, contudo, ainda hoje, alguma coisa Sente e Sabe de suas verdadeiras origens  abrigam em si um sutil anelo de voltar ao Ponto de onde vieram. Só os Seres de Luz (Inteligências Extraterrestres)  é que poderão conduzir estas últimas de volta ao seu verdadeiro Pai…!”A propósito do trecho supra, e glosando um texto que se diz religioso, o Apocalipse, mas que em momentos não o é, e a respeito ainda de batalhas antigas no céu, nós também temos a declarar.
“E eis que me foi dado a ver uma cena antiga, na qual se desenrolava uma batalha no céu. Aquele usurpador, que sempre pretendeu ser igual a Deus-Pai (Deus Vivo) e seus seguidores guerrearam contra o povo dos gigantes da Hiperbórea (ou certas Inteligências, às vezes confundidos com o povo da serpente alada). Mas o povo da Hiperbórea não prevaleceu. E visto tivesse sido derrotado pelo demiurgo.
Não pôde então (Vênus). Em seu Plano de Vida Original, eles não foram mais encontrados.O povo hiperbóreo, tentando ajudar os filhos da Terra, foi expulso do seu lugar-situação, do Cosmo Verdadeiro, de onde veio, e da face da Terra que pretenderam salvar e ajudar.”
“Agora concretizaram o poder e a realeza do demiurgo usurpador, porque o povo hiperbóreo, que dia e noite acusava os servos do demiurgo pelas transgressões que efetuava (estas são as imprecações do Livro de Enoch), já foi subjugado e preso. Mas ai de vós inteligências nefastas e demiurgos, que dizeis habitar o céu e a terra, por apropriação indevida! E ai da terra e do mar porque o povo hiperbóreo (ou de Vênus) teve que se refugiar em lugares secretos  E os antigos e atuais usurpadores, com suas mentiras, enganos, violências, astúcias, hipocrisias e fanatismo não darão descanso aos poucos remanescentes daquele povo que um dia quis ajudar o homem. E quem pagará por tudo isso, mais uma vez, serão os homens inocentes ou até ignorantes.
E a nossa escritora, que por forças das circunstâncias
esta anonimato, volta a dizer:
O Plasma Primário criou ao redor do planeta, onde se meteu a desenvolver seus empreendimentos (ou intromissões), uma espécie de rede de pescador, que é denominada de Malha Prismática. De qualquer maneira, esta Malha cumpre funções notáveis e é composta de milhões e milhões de Prismas Energéticos (individualizados) e que à tal Malha se unem, permanecendo ondulantes. Tudo isso lembra uma cabeça com uma vasta cabeleira longa, esvoaçante.
Esses Prismas Energéticos possuem caminhos ou tubos por onde as Entidades Energéticas (ou almas-ego, e às vezes até Consciências Superiores) descem e sobem, antes e depois de suas manifestações vitais (ou encarnações). Tais Prismas também são conhecidos como túneis luminosos, que muitas pessoas afirmaram ter visto quando passaram por processos de morte aparente ou desencarne não cumprido. ” Neste nosso encantador planeta ou núcleo vital, a duração de vida para os humanos obedece a média de 60 a 70 anos, quando obedece. Nisso difere totalmente dos planos ou planetas regidos por outras inteligências superiores “. A possibilidade de agir ou a velocidade de ação das Entidades Energéticas

OS REGISTROS DAS TABUAS SUMÉRIAS FALAM BEM CLARAMENTE ISTO!!!
A HUMANIDADE FOI MANIPULADA E ESCRAVIZADA POR INTELIGÊNCIAS EXTRATERRESTRES

Ea teria enviado um homem a essa árvore para que ele alcançasse o conhecimento. É a razão pela qual Ea é apresentado como o dito culpado que procurou mostrar ao primeiro homem o caminho da liberdade espiritual. Ea ter-se-ia revoltado não contra Deus (assim está escrito na Bíblia), mas contra os atos cruéis dos ditos deuses. Malgrado suas intenções visivelmente louváveis, Ea, o lendário, e a “Confraria da Serpente” em seus primórdios não conseguiram libertar os seres humanos. É dito nos antigos textos mesopotâmicos, egípcios e bíblicos que a serpente (a Confraria da Serpente) teria sido vencida logo por outros grupos de extraterrestres reinantes. Ea foi banido da terra e caluniado por seus adversários, que queriam assegurar-se de que ele não encontraria mais nenhum adepto entre os seres humanos. De “Príncipe da Terra” ele passou a “Príncipe das Trevas”, e foi também coberto de apelidos horríveis tais como Príncipe do Inferno, Encarnação do Mal, Diabo… Apresentavam-no como o pior inimigo do maior ser e como guardião do Inferno. Ensinaram ao ser humano que todo o mal na terra era sua culpa e que ele queria que os seres humanos se tornassem escravos. Exortaram os seres humanos a desmascará-lo cada vez que ele se reencarnasse e a aniquilá-lo com suas criaturas, se os encontrassem.

Então Ea, um brilhante cientista, criou o homo sapiens, um híbrido entre uma forma de vida terrestre primitiva e os aliens. Primeiramente o homo sapiens foi feito para o trabalho escravo e não podia procriar. Depois isso foi mudado. Ea não gostou de como sua raça criada era tratada, e quis iluminar o homem dizendo quem ele realmente era (o homem) e de onde vinha. Ea também quis falar da verdade bem guardada, de que cada habitante individual é um espírito habitando um corpo, e que depois da morte do corpo o espirito continua vivendo e reencarna na Terra. Anu, o pai de Ea, e o conselho Anunnaki, não concordaram com essas intenções de Ea, temendo o caos e o tumulto, mas Ea o fez, mesmo assim. Os primeiros homo sapiens se revoltaram contra seus mestres, mas foram forçados a desistir. Ea então criou sua sociedade secreta, a Irmandade da Serpente, para contar as verdades às pessoas, em segredo. Mas ele foi descoberto, e julgado pelas leis, que decidiram que Ea seria deportado para a Terra pela eternidade, para morrer e reencarnar aqui em infindáveis ciclos, usando corpos humanos de vida fragil e curta. Se isso é verdade, ele ainda pode estar aqui…Com o passar do tempo, a Irmandade da Serpente foi infiltrada, e o conhecimento foi distorcido para enganar o homem ao invés de libertá-lo. A era egípcia foi de fato uma verdadeira “Obra”, Com o tempo a Irmandade foi bastante infiltrada e seu proposito foi manipular as massas, fazendo-as acreditar em falsos deuses e profetas ( nota do tradutor: quem sabe os grandes mestres da humanidade, como Krishna, Buda e Jesus, não sejam encarnações de Ea, tentando nos dizer a verdade?).

, Escritora Maria Orsich uma famosa medium espirita.

Via: http://rodrigoenok.blogspot.com.br/2010/07/o-planeta-terra-esta-sob-quarentena.html?spref=bl

Anúncios

2 pensamentos sobre “O ESCUDO QUE ENVOLVE O NOSSO MUNDO E AS INTELIGÊNCIAS EXTRATERRESTRES INFERIORES OU NEGATIVAS

Obrigado por participar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s