Arquivos ufológicos da Austrália descobertos

Entusiasta pesquisou site dos Arquivos Nacionais daquele país e encontrou vários documentos com casos ufológicos

Queensland, onde em novembro de 1964 houve um avistamento no aeroporto local

Paul Dean é um entusiasta do Fenômeno UFO que escreveu ao site UFO Chronicles relatando sua experiência. Desde 2012 ele tem pesquisado os Arquivos Nacionais da Austrália através de seu site, e descoberto vários documentos por meio do sistema de busca ali disponibilizado.

Dean descreve como ufólogos australianos tiveram sucesso em conseguir documentos do Departamento de Aviação, da Força Aérea e da Divisão de Inteligência desta. Bill Chalker, ufólogo australiano, estudou cerca de 140 documentos nos anos 80, em um período de cooperação entre os organismos oficiais e os pesquisadores.

A pesquisa realizada por Paul Dean iniciou-se em 2012, e ele teve o cuidado de evitar temos como disco voador ou objeto não identificado. Ao invés disso, buscou por documentos com combinações de palavras, tais como fenômeno inteligente, avistamento de objeto e evento de aviação. Nessa procura inicial ele se deparou com dois arquivos descritos como fechados ao público.

PESQUISA MINUCIOSA

Dean descreve como, nesses casos, é possível fazer um pedido de abertura do documento, que passa então por um escrutínio. Caso seja aprovado, uma cópia impressa pode ser fornecida à pessoa que fez o pedido. Ao longo dos meses ele conseguiu dessa maneira obter vários documentos, como por exemplo um descrevendo um avistamento em 1958 quando, após o pôr do Sol, testemunhas avistaram em um céu claro e sem nuvens um fenômeno de luzes e sombras por 20 minutos, e em seguida avistaram um objeto em forma de bolha viajando a grande velocidade.

Um documento do Bureau de Meteorologia de 297 páginas descreve vários fenômenos meteorológicos e astronômicos, e uma série de avistamentos que ocorreram ao longo de nove anos. Em 16 de dezembro de 1976 o documento descreve: “O formato era o de uma bola de rugbi, com um tamanho angular de cerca de meio grau. A duração do avistamento foi de 10 a 12 segundos. Depois na direção sudoeste, com uma elevação de 50 graus, aparentemente parou por cinco segundos e então desapareceu no mesmo lugar”.

CRÉDITO: THE UFO CHRONICLES

Um dos casos também fez parte do Projeto Blue Book norte-americano

Um dos casos também fez parte do Projeto Blue Book norte-americano

Dean pesquisou por casos ligados a agências de inteligência, como o Diretório de Inteligência da Força Aérea (DAFI), e o Bureaou Conjunto de Inteligência (JIB), que em 1969 foi renomeado Organização Conjunta de Inteligência (JIO), além da própria Real Força Aérea Australiana (RAAF). Atualmente a JIO é a Organização de Inteligênica da Defesa (DIO), e Dean pesquisou arquivos ligados à Inteligência Técnica e Ciência de Defesa (DSTI), uma divisão da JIO.

POSSÍVEL ACOBERTAMENTO

O pesquisador conta como o ufólogo Keith Bastefield descobriu anos atrás um arquivo descrevendo como cientistas trabalhando na DSTI levavam o Fenômeno UFO muito a sério. Um destes, o físico nuclear Harry Turner, procurou o diretor da divisão Bob Mathams propondo uma investigação ufológica oficial. O esforço não surtiu efeito, mas alguns casos importantes pesquisados levaram o diretor da JIO, R. W. Furlonger, a escrever um memorando em 1971 que dizia o seguinte:

Parece haver suficiente evidência de informes da RAAF e dos Estados Unidos sobre investigações de avistamentos de UFOs que indicam que alguns casos não podem ser explicados por fenômenos naturais ou atividades humanas.

Dean encontrou por fim vários documentos com referências interessantes em seus títulos que, se não mencionam diretamente os UFOs, segundo ele podem conter informações importantes. Da mesma forma como agiu anteriormente pediu que tais arquivos fechados fossem abertos para consulta pública. Contudo, a primeira resposta que recebeu apontava que: “Estes arquivos necessitam de escrutínio muito rigoroso antes de serem liberados para o público”.

Então o pesquisador, passado mais algum tempo, procurou no sistema de busca do site por um dos documentos. Para sua surpresa o arquivo havia desaparecido. Então ele repetiu a busca usando o código do documento, e descobriu que o título fora alterado, de JIO (Joint Intelligence Organisation)] – Space para REDACTED – Space, e permanecia inacessível. Para outro documento não liberado a alegação foi de que havia sido destruído, e um terceiro datado de 1960 havia sido entregue à Polícia Federal Australiana. Importante mencionar que a lei australiana determina que documentos devem ser entregues a seu Arquivo Nacional após 30 anos. Paul Dean prossegue em sua pesquisa.

Site dos Arquivos Nacionais da Austrália

The UFO Chronicles

John Podesta é novo conselheiro de Barack Obama

Vida extraterrestre em debate no Congresso Norte-Americano

Fonte: UFO

Anúncios

Obrigado por participar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s