Curiosity pode vingar cientista que declarou a existência de antigas bactérias em Marte na década de 70

Dr. Gilbert Levin.

Se o jipe-sonda Curiosity encontrar moléculas com base de carbono no solo marciano, o pesquisador Gilbert Levin será finalmente vingado, já que ele declarou há 36 anos a teoria de que a vida na
Terra foi semeada por um asteróide vindo de Marte, mas foi contestado pela NASA.

Um veículo Titã/Centauro, foi enviado Marte em 20 de agosto de 1975, e obteve uma amostra do solo de lá.  Levin misturou o solo marciano com um nutriente contendo carbono radioativo.

Após os resultados, a revista New Scientist escreveu: “A idéia era simples: se as bactérias estavam presentes no solo e metabolizaram o nutriente, elas emitiriam moléculas digeridas de dióxido de carbono.  O experimento realmente detectou que dióxido de carbono foi liberado do solo, e que ele continha átomos de carbono radioativo. Carl Sagan até mesmo o congratulou por telefone.  Porém, a festa foi estragada por um outro experimento.  O Espectrômetro de Massa de Cromatografia de Gas (GCMS em inglês), estava procurando por moléculas baseadas em carbono e não encontrou nenhuma“.

A NASA assim declarou que os resultados de Levin não foram válidos.

O tempo dirá se Levin estava certo… ou não, dependendo da vontade política da agência espacial.

n3m3

Fonte das informações: www.unknowncountry.com

 http://ovnihoje.com/2012/08/curiosity-pode-vingar-cientista-que-declarou-a-existencia-de-antigas-bacterias-em-marte-na-decada-de-70/#ixzz23L9wUlXU

Anúncios

Obrigado por participar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s